A Noiva Fantasma de Yangsze Choo

134

Uma história rica em detalhes (na medida certa), que nos faz mergulhar em uma cultura incrível, presenteando o leitor com personagens consistentes, cheios de vida e tensão a todo momento.

Sinopse

Certa noite, meu pai me perguntou se eu gostaria de me tornar uma noiva fantasma…

1893. Li Lan é uma jovem que recebeu educação e cultura, mas que vive sem grandes perspectivas depois da falência de seus pais. Até surgir uma proposta capaz de mudar sua vida para sempre: casar-se com o herdeiro de uma família rica e poderosa. Há apenas um detalhe: seu noivo está morto.

A Noiva Fantasma é o surpreendente romance de estreia de Yangsze Choo, a escritora de ascendência oriental que está encantando fãs por todo o mundo.

Por mais fantásticas que pareçam, as noivas fantasmas ainda resistem até hoje em parte da cultura asiática. A prática, que chegou a ser banida por Mao Tsé-Tung durante a Revolução Cultural, foi muito frequente na China e na Malaia (hoje Malásia) no final do século XIX. O casamento era usado para tranquilizar um espírito inquieto, e garantir um lar e estabilidade para as mulheres que diziam sim a maridos já falecidos. É claro que elas tinham um preço alto a pagar, e com Li Lan não seria diferente.

Evocando obras como Lugar Nenhum, de Neil Gaiman, essa obra é uma história impressionante sobre o amor sobrenatural e sobre o amadurecimento, escrita por uma extraordinária nova voz da ficção contemporânea.

Resenha

Nesses tempos de pandemia, meu ritmo de leitura caiu drasticamente e eu não estava conseguindo me concentrar em nada até receber a proposta de uma amiga para ler A noiva fantasma e assistir a série disponível na Netflix. O livro me prendeu de um jeito, que não consegui mais largar.

Li Lan, uma jovem de 18 anos, sonhava em conhecer o mundo, mas não tinha muitas esperanças disso acontecer. O pai, nunca superou a morte precoce da esposa e se encontrava com graves problemas financeiros, o que o fez se afundar cada vez mais nas névoas do ópio, levando-o a negligenciar os arranjos para um bom casamento de sua filha.

Em 1893, na Malaia (atual Malásia), o grande objetivo na vida de uma mulher era o casamento com um homem, de preferência rico, para ter uma vida tranquila e cheia de filhos, porém, esse nunca foi o sonho de Li Lan. Certo dia, ela recebe uma proposta de casamento por parte da família mais rica da cidade. A família Lim propõe um negócio irrecusável, garantindo o futuro da jovem e o pagamento das dívidas dos Pam, caso o pai concorde. Tudo parece maravilhoso se não fosse o detalhe do noivo ser um homem morto. A proposta era para Li Lan ser uma noiva fantasma casando com o filho morto dos Lim e, apesar de passar o resto da vida assegurada, seria uma difícil vida de viúva.

Depois dessa proposta vergonhosa a vida da jovem vira de cabeça para baixo e coisas esquisitas começam a acontecer com ela. Sonhos perturbadores, presenças estranhas, dentre outras coisas. Li Lan se vê dividida entre o amor (pelo primo do noivo falecido) e a obrigação com a família, mas é incentivada pelo pai a não aceitar esse casamento. O que ela não esperava é que Lim Tian Ching, mesmo morto, fosse tão poderoso ao ponto de levá-la a cometer uma loucura. E é aí que a aventura de Li Lan começa.

Eu me senti lendo um dorama. Se você acompanha minhas redes sociais deve saber o quanto sou apaixonada por esse universo. O livro é rico em detalhes e a autora nos apresenta aspectos da cultura chinesa em relação à morte e como esse povo trata a vida após a morte. Isso só enriqueceu ainda mais a minha leitura, o que me fez querer devorar o livro.

Cheio de reviravoltas, a autora prende o leitor num emaranhado de acontecimentos tensos, recheados de personagens fascinantes. Nós sofremos e sentimos tudo com Li Lan, já que é uma narrativa em primeira pessoa, ficamos colados à ela durante toda a aventura. Por ser um livro de horror, existem momentos assombrosos, medonhos, mas eu confesso que não senti medo, talvez por estar mais familiarizada com o tema.

Preciso dedicar um parágrafo aos personagens. Que personagens tão bem construídos! Eles tem vida, parecem pessoas reais e eu me apaixonei perdidamente por Er Lang. Que homem! A autora nos cativa com cada um e até os vilões nos prendem. É uma mistura de amor e ódio incrível.

A única coisa que me incomodou no livro foi o final. Não posso entrar muito em detalhes para não dar spoiler, mas posso dizer que a autora terminou de uma forma que me fez sentir falta de algumas coisas. Fiquei com meu coração quentinho sim, mas eu precisava/desejava ver mais de algumas resoluções tomadas por Li Lan. Não vou superar esse final.

A narrativa é fluída, cheia de ação e cada final de capítulo te impulsiona a ler mais e mais e mais. Uma história rica em detalhes (na medida certa), que nos faz mergulhar em uma cultura incrível, presenteando o leitor com personagens consistentes, cheios de vida e tensão a todo momento. Livro mais do que recomendado!

Série vs Livro

É claro que eu corri para assistir a série quando acabei de ler o livro e fiz uma maratona dos 6 episódios. Original da Netflix, a adaptação ficou bem melhor do que eu esperava.

Por ser uma adaptação, existem muitas diferenças entre o livro e a série. Mudanças feitas para se encaixar melhor no roteiro e entregar uma história convincente e tão atrativa quanto o livro. Claro que muita coisa foi perdida nessa passagem de papel para tela, mas o principal da trama e a essência dos personagens permaneceu intacta.

Vou confessar algo: odeio adaptações justamente por elas mudarem muito da história original, porém, no caso da série A noiva fantasma, essas mudanças deram muito certo e eu gostei bastante do resultado. A escolha dos atores foi perfeita e interpretaram impecavelmente seus personagens.

A única coisa que tenho para reclamar da série é que terminei um pouco frustrada, da mesma maneira que aconteceu no livro. Esperei muito por um acontecimento (lindamente detalhado no livro) que não foi mostrado na série. Foi frustrante e será mais um final que não vou superar.

Enfim, apesar das diferenças, adorei a série. Eu não sei dizer se a experiência será melhor lendo primeiro o livro para assistir depois (como eu fiz), mas posso garantir que é imprescindível a leitura da obra pois existe um universo muito maior e mais explorado do que na série. O bônus da adaptação é poder ver o Er Lang de carne e osso!

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

4.5 Horror
Readers Rating 0 0 votes

Uma história rica em detalhes (na medida certa), que nos faz mergulhar em uma cultura incrível, presenteando o leitor com personagens consistentes, cheios de vida e tensão a todo momento.

About The Author

Escritora, Geek, amante dos livros, youtuber, apaixonada por animais e não larga uma xícara de café.