Adoção. E por que não? (Adoção Responsável)

331
animais-adoção-tutor

Se, ao andarmos pelas ruas de nossa cidade, pararmos para prestar atenção ao que está ao nosso redor, enxergaremos o tanto de animais abandonados que perambulam pelas ruas. Isso não é segredo para ninguém e além das ruas, os abrigos estão lotados de cães e gatos que foram abandonados à própria sorte. É um quadro bem triste de se ver.

Como protetora de animais e voluntária em uma ONG, pude acompanhar diversos casos de abandono e sofrimento, então, posso garantir o quanto é importante na vida de um animal a adoção. Além de mudar a vida dele por completo, com a adoção, combatemos o comércio de fundo de quintal, diminuindo a exploração econômica de cães e gatos.

Ter um animal de estimação em casa nos proporciona felicidade e bem estar, porém, animais não são brinquedos e requerem cuidados e gastos. É extremamente importante ter essa consciência antes de levar um amiguinho para casa para evitar problemas e o abandono. Você precisa saber que será responsável por esse animal por no mínimo 15 anos, que além de ração e vacinas ele precisa de cuidados, atenção, carinho, preocupação e de um médico veterinário (se adoecer).

Por que adotar?

32b48515fac569d435744b00ce2e0e95Além do fato de estar mudando uma vida e tirando-a do sofrimento das ruas (ou de abrigos lotados), um animal que foi uma vez abandonado e é adotado é completamente grato ao seu novo tutor. Os vira-latas (grande maioria dos abandonados) são dedicados aos seus donos e, com amor, disciplina e paciência será raríssimo ver um vira-lata bravo ou com problemas de agressividade, e muito dificilmente eles tentarão desafiar a liderança do dono, o que torna a convivência com eles ainda mais amigável e divertida.

A aquisição de um animal de raça pura  é um processo caro. Um bom animal, com saúde impecável e controle de doenças genéticas tem seu preço. Porém o que se vê com bastante freqüência são animais adquiridos de feiras, pet shops e criações de fundo de quintal, por preços módicos, sem garantia de saúde e pureza da raça. Animais desmamados precocemente, doentes, com desvios de temperamento, não vacinados, não vermifugados e não castrados, explorados e submetidos à cruzamentos irracionais e indiscriminados.

Adotar  é a melhor opção?

20140508182405_20140508_151127Escolher o animal ideal não é um processo fácil. É necessário conhecer bem as características da raça e saber se ela é ideal para seu lar e estilo de vida. Escolher um cão ou um gato  baseando-se apenas em sua beleza ou porte não é o correto, já que você precisa lembrar que cada raça tem sua peculiaridade. Um labrador, por exemplo, precisa de espaço e exercícios e  ele vai destruir tudo que estiver pela frente (assista Marley e Eu 😀 ), então criar um em apartamento é um Deus nos acuda!

Nesse caso, adotar é a melhor opção e pode trazer vantagens tanto para o animal quanto para o tutor. Ao adotar um animal você está dando a ele uma chance de ter uma vida digna e feliz. Os adotados costumam ser gratos e educados, pois já passaram por muitos sofrimentos nas ruas. Além disso são mais sociáveis, pois convivem com outros animais nos abrigos (os que tiveram a sorte de ser resgatado).

Adoção Responsável

Adotar é um ato de amor e de responsabilidade também. Tenha em mente que sua vida irá mudar e sua rotina também.

Será necessário: atenção veterinária, disponibilidade de tempo, paciência, companheirismo, consideração por cada detalhe e cada mania. Seu bichinho pode ser temperamental e não gostar de ficar sozinho em casa, outros podem fazer cocô e xixi no lugar errado, alguns choram durante a noite e há aqueles que latem demais cada vez que a campainha toca.

Se for sair de férias e não tiver como levar seu amiguinho, será necessário achar um lugar apropriado para deixá-lo sob a supervisão de um responsável, dedicar um tempo por dia para passear e brincar com ele, ter consciência de que poderá precisar trocar o seu sofá… e acima de tudo, saber que cães e gatos podem viver 15 anos ou mais e esse é o tempo que você será responsável por ele.

razões-para-adotar-e-não-comprar-05

Dicas para uma Adoção Responsável

  • Leve em conta o temperamento dele e veja se ele se adaptará à sua casa.
  • Adote um animal já castrado, ou comprometa-se a castrá-lo assim que ele chegar na idade.
  • Você precisará de dinheiro não só para ração e vacinas, mas também poderá gastar com tratamento para eventuais problemas de saúde.
  • Assim como você, um animal pode ficar doente ou velhinho e esses são os momentos que ele mais precisa de você. Não abandone o seu amigo só porque ele está te dando um pouco mais de trabalho.
  • A vida de um cão ou gato pode durar 15 anos ou mais e você será o responsável por ele durante todo esse período.
  • É importante que todos os moradores da casa estejam de acordo com a adoção. Isso é importante para evitar abandono ou maus tratos.
  • Animal não é um brinquedo. Ele precisa de atenção, cuidados, comida e amor. Se você não quer ter trabalho, compre um bichinho de pelúcia!
  • Passa muito tempo fora de casa? Adote dois animais! Seu amiguinho não vai se sentir tão sozinho e o trabalho é praticamente o mesmo.
  • NUNCA, em hipótese alguma abandone um animal. Eles (cães e gatos) se apegam aos donos e quase sempre adoecem ou entram em depressão quando são rejeitados.

Lugar de cão e gato é dentro de casa!

AdoçãoTanto as ruas como o ambiente de um abrigo é muito triste para o animal. Por mais que ele esteja sendo cuidado, é impossível dar a atenção necessária para eles nos abrigos. Eles sentem falta do aconchego de um lar. Tenho 5 adotados em casa e garanto que amor não falta e vale muito a pena. Adotar é tudo de bom!

Se você analisou as dicas e percebeu que não tem condições de adotar, procure uma ONG em sua cidade e apadrinhe um animal. Garanto que você estará ajudando muito e com certeza salvará uma vida. Seja um dono consciente!

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

About The Author

Nerd, Geek, viciada em livros, youtuber, aspirante a jornalista, apaixonada por animais e nas horas vagas tenta ser engraçadinha.