Cartunistas lançam exposição sobre Brumadinho

409
Lama sem Alma é uma exposição virtual com mais de 60 imagens que retratam a tragédia acontecida em Minas Gerais

Como forma de homenagear as vítimas e suas famílias da tragédia acontecida em Brumadinho (MG), foi criada a expo Lama sem Alma, uma exposição virtual, no site e no blog oficial HQMIX (www.hqmix.com.br), com mais de 60 trabalhos, de 55 cartunistas, que foram recolhidos de suas postagens nas redes sociais pelo presidente da Associação dos Cartunistas do Brasil, JAL Lovetro. Também como forma de protesto, as imagens retratam a inexplicável cena que estamos presenciando a cada dia pela mídia.

A história do Brasil passa pelas mentes e mãos desses cartunistas e, infelizmente, os assuntos polêmicos são os mais tratados, pois o humor gráfico tem que fazer o seu papel de beliscar o cérebro das pessoas para acordarem e agirem pelo bem comum e tempos melhores.

Para JAL, as notícias, as imagens e o horror de cenas que, depois de três anos em Mariana, aconteceram novamente, em Brumadinho, Minas Gerais, não podem cair no esquecimento. “Para digerirmos mais esse acontecimento que caminha para ser de centenas de mortos, fica difícil explicar para nossos filhos o que estamos fazendo com os cuidados com a natureza e vida de pessoas no Brasil. Para que não mais aconteça, é importante a união de todos para que essas mortes não sejam em vão como tem acontecido”, enfatiza.


Não é tragédia. É crime.

A exposição conta com imagens fortes, reais e sensíveis. Selecionei algumas que mais me impactaram e você pode conferir todas as outras no site clicando aqui. Vale muito a pena conferir e compartilhar esse trabalho. Clique nas imagens para ampliar.

Texto de Way Comunicações.

Expo LAMA sem ALMA

Site: www.hqmix.com.br

Blog: blog.hqmix.com.br 

Início: 30 de janeiro de 2019 

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

About The Author

Escritora, Geek, amante dos livros, youtuber, apaixonada por animais e não larga uma xícara de café.