Coluna de Fogo do Ken Follett

100

1558 e os ânimos estão acirrados em Kingsbridge. Mais uma vez Ken Follett nos faz retornar para este universo e faz um mergulho dentro da história. Onde personagens da ficção andam lado a lado de grandes figuras históricas, e acompanhamos trajetórias indescritíveis.

Sinopse

Em 1558, as pedras ancestrais da Catedral de Kingsbridge testemunham o conflito religioso que dilacera a cidade. Enquanto católicos e protestantes lutam pelo poder, a única coisa que Ned Willard deseja é se casar com Margery Fitzgerald. No entanto, quando os dois se veem em lados opostos do conflito, Ned escolhe servir à princesa Elizabeth da Inglaterra. Assim que Elizabeth ascende ao trono, a Europa inteira se volta contra a Inglaterra e se multiplicam complôs de assassinato, planos de rebelião e tentativas de invasão. Astuta e decidida, a jovem soberana monta o primeiro serviço secreto do país, para descobrir as ameaças com a maior antecedência possível. Ao longo das turbulentas décadas seguintes, o amor de Ned e Margery não arrefece, mas parece cada vez mais fadado ao fracasso. Enquanto isso, o extremismo religioso cresce, gerando uma onda de violência que se alastra de Edimburgo a Genebra. Protegida por um pequeno e dedicado grupo de talentosos espiões e corajosos agentes secretos, Elizabeth tenta se manter no trono e continuar fiel a seus princípios. Coluna de fogo é um dos livros mais emocionantes e ambiciosos de Ken Follett, uma história de espiões ambientada no século XVI que vai encantar seus fãs de longa data e servir como o ponto de partida perfeito para quem ainda não conhece seu trabalho.

A continuação da saga que fascinou milhões de leitores em Os pilares da Terra e Mundo sem fim.

Ken Follett já vendeu mais de 150 milhões de livros no mundo.

Link: Skoob | Comprar: SaraivaSubmarinoCulturaAmazon

Resenha

A primeira coisa que preciso dizer é: apesar de constar que Coluna de fogo é continuação de Mundo sem fim (sendo assim o terceiro livro da “série” Os Pilares da Terra), você pode ler tranquilamente este livro sem ter lido os anteriores. Como assim, Milena? Bem, a história é contínua, mas não dos personagens, nós vamos acompanhando a história do lugar, de Kingsbridge. Em os Pilares da Terra nós vimos a construção da catedral, em Mundo sem fim vimos a construção da ponte e agora, acompanhamos outros marcos importantes do desenvolvimento local.

O que achei muito legal neste livro foi o índice de personagens. Quem já leu livros do Ken Follett sabe como ele joga 8262826272 de personagens na sua cara, e você leva alguns capítulos até se ambientar com todos. Pois bem, neste livro temos esse maravilhoso índice separado por famílias, países e tem até os personagens históricos (aqueles que realmente existiram na história). Facilitou muito a leitura quando eu esquecia quem era quem, ia rapidinho lá, me situava e voltava à leitura.

Dessa vez vamos acompanhar a guerra religiosa que aconteceu na Inglaterra entre católicos e protestantes. Em meio a essa guerra de poder na cidade, acompanhamos um romance quase Shakespeariano entre Ned Willard e Margery Fitzgerald, famílias opostas nessa guerra de poder. E tudo fica ainda mais acentuado quando ele vai servir a princesa Elizabeth da Inglaterra.

Ao longo dos anos as tensões vão aumentando, assassinatos, complôs e espionagem. Do jeito que só o Ken Follett consegue fazer, vamos mergulhando cada vez mais fundo nas nuances da história. Como sempre me senti meio trouxa ao torcer por personagens, e páginas à frente desejar o pior para eles. Bipolaridade a gente vê por aqui!

Um calhamaço maravilhoso, que te prende desde o começo e você não consegue parar de ler. As páginas foram passando tão rápido que até me surpreendi quando acabei a leitura. Um romance histórico maravilhoso que recomendo com total certeza.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

4.5 Ficção

1558 e os ânimos estão acirrados em Kingsbridge. Mais uma vez Ken Follett nos faz retornar para este universo e faz um mergulho dentro da história. Onde personagens da ficção andam lado a lado de grandes figuras históricas, e acompanhamos trajetórias indescritíveis.

About The Author

Acadêmica do curso de Sistemas de Informação - UESB. Blogueira, Beatlemaníaca, leitora compulsiva e cinéfila.