Interator de Alexandre Almeida de Oliveira (Resenha)

215

Interator é um livro que vai agradar a diversos públicos. Vai agradar aos que gostam de fantasia, os que gostam de ação, os fanáticos por ficção científica e principalmente aos amantes dos games, que sonham em um dia poder jogar seu game preferido numa realidade interativa absoluta.

Sinopse

Marcelo é um adolescente expert em computação, mas sua família vive em grandes dificuldades financeiras e, para piorar, ele ainda sofre bullying na escola onde estuda, passando quase todo o seu tempo fantasiando com uma vida melhor. Tudo começa a mudar quando o rapaz descobre que uma empresa de games chamada ´Assertiva´ está para lançar um game de interatividade absoluta – ou seja, através de um equipamento (a câmara de interação) o jogo é inserido na mente do jogador, o que lhe traz sensações físicas de estar dentro do jogo, como suor, dor e cansaço. Tentando fugir de sua vida e de si mesmo, sorrateiramente Marcelo altera a programação da máquina, pede um teste e se “tranca” no mundo da fantasia. Apenas Fábio, seu pai, é quem poderá salvá-lo e ele será desafiado em seus próprios limites na missão de resgatar Marcelo do mundo da fantasia e trazê-lo de volta à realidade. Porém, Fábio precisará superar muitas barreiras emocionais e preconceitos desde que abandonou a família. Interator: quando game e realidade se confundem é um livro emocionante que reúne problemas contemporâneas do uso de tecnologias com as antigas e complexas interações familiares.

Link: Skoob | Comprar: SaraivaSubmarinoAmazon

Resenha

Tecnologia e games, dois temas que tanto sou apaixonada e que são abordados no universo literário criado por Alexandre. Uma união mais que perfeita que me rendeu ótima leitura.

A sinopse já faz um belo resumo da história, mas nem de longe ela nos mostra a tensão, a emoção e a ação contidas na narrativa. É bem verdade que nas primeiras 100 páginas a leitura é lenta, o que não deixa de ser normal numa fantasia, já que é necessário apresentar os personagens e a história em si, mas depois disso as coisas começam a acontecer num ritmo mais acelerado e é quase impossível parar de ler.

Marcelo é um adolescente enfrentando os problemas relativos à sua idade (o que já não é fácil) e atrelado a isso, os problemas familiares, sentimentais e no colégio. Problemas esses que acabam o distraindo (e trazendo mais problemas) e levando-o a viver num mundo de fantasia. Mesmo com toda a inteligência que ele tem, sua vida acadêmica vai de mal a pior e o garoto tem apenas um amigo na escola. Marcelo está cansado dessa vida e vê a solução para seus problemas no concurso promovido pela Assertiva. A princípio o dinheiro pela vitória do concurso seria  a solução, depois ele percebeu que a solução poderia estar no próprio Mentor…

Game e realidade se confundem…

A história é instigante. Além da fantasia tem um pouco de ficção científica já que estamos diante de uma máquina capaz de simular um game com interatividade absoluta, ou seja, o usuário (ou interator) vai sentir de verdade todas as sensações provocadas pelo game (dor, cansaço, suor, fadiga, etc). Fiquei torcendo muito por Marcelo para ele conseguir vencer o concurso e essa atmosfera do desconhecido me fez comer cada página para saber o que iria acontecer em seguida.

Não sei dizer se o autor entende muito de tecnologia, mas é perceptível o domínio que ele tem do assunto. Nota-se que ele fez uma pesquisa muito bem feita para criar uma história com uma base tecnológica muito boa! O que só aguçou ainda mais a minha curiosidade e envolvimento com a história.

Gostei bastante da construção dos personagens, apesar de ter sentido falta de um maior aprofundamento de personagens secundários que foram tão importantes no desenvolvimento do enredo. Mas nada também que atrapalhasse o entendimento da leitura.

O final do livro tem um enorme gancho para uma continuação. E por falar em final… que final eletrizante/angustiante foi aquele?

Interator é um livro que vai agradar a diversos públicos. Vai agradar aos que gostam de fantasia, os que gostam de ação, os fanáticos por ficção científica e principalmente aos amantes dos games, que sonham em um dia poder jogar seu game preferido numa realidade interativa absoluta. Livro mais do que recomendado!

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

4.4 Fantasia

Interator é um livro que vai agradar a diversos públicos. Vai agradar aos que gostam de fantasia, os que gostam de ação, os fanáticos por ficção científica e principalmente aos amantes dos games, que sonham em um dia poder jogar seu game preferido numa realidade interativa absoluta.

About The Author

Nerd, Geek, viciada em livros, youtuber, aspirante a jornalista, apaixonada por animais e nas horas vagas tenta ser engraçadinha.