Kimi No Na Wa (Your Name): Vai além de uma simples troca de corpos

2933

Kimi No Na Wa (Your Name em inglês) é um filme animado de 2016 (sucesso de bilheteria no Japão), que estreou recentemente na Netflix.

Realizado e escrito por Makoto Shinkai, o anime foi inspirado num romance homônimo do autor e fechou o ano de 2016 com a maior arrecadação de bilheteria do Japão. Aqui no Brasil, o filme foi exibido em alguns cinemas do país em agosto e agora a obra faz parte do acervo da Netflix.

O anime é um drama misturado com fantasia que aborda temas como troca de corpos, romance e viagem no espaço-tempo.

Enredo de Your Name

Mitsuha Miyamizu (Mone Kamishiraishi) é uma jovem que mora no interior do Japão e que deseja deixar sua pequena cidade para trás para tentar a sorte em Tóquio. Enquanto isso, Taki Tachibana (Ryûnosuke Kamiki), um jovem que trabalha em um restaurante italiano em Tóquio, deseja largar o seu emprego para tentar se tornar um arquiteto. Os dois não se conhecem, mas estão direta e misteriosamente conectados pelas imagens de seus sonhos.

Em determinados dias da semana, ambos trocam de corpos (através de seus sonhos) e ao perceber o que está acontecendo com eles, através de informações de seus colegas, tentam se adaptar a essa nova rotina de vida, deixando recados e mensagens contando o que  fizeram naquele dia.

Impressões sobre o anime

Se analisarmos apenas a sinopse do filme, a primeira impressão é de que é mais uma história bobinha de romance e de troca de identidade. Na verdade, o anime não é só isso.

Sim, existe o romance entre os protagonistas. Existe a troca de corpos. Mas a história tem uma profundidade que vai além disso. Não consigo explicar em palavras, mas posso dizer que a trama é envolvente, emocionante e me fez pensar seriamente naquilo que somos capazes de fazer por aqueles que amamos.

Eu não sei se procuro por algo ou alguém, ou se procuro por um emprego. – Taki Tachibana

O filme tem algumas falhas. Achei que a história foi corrida em vários momentos, em outros senti uma necessidade de explicações que não vieram e até de um aprofundamento na história dos personagens. Não sei se isso foi proposital para nos direcionar para o verdadeiro foco da trama, mas ainda assim, eu queria um pouco mais.

Isso não atrapalhou o meu envolvimento com o filme, mas ficou uma certa sensação de vazio que não foi preenchida. Terminei o filme chorando. Não que ele seja triste, mas por  ter me tocado e me feito lembrar de sentimentos adormecidos em mim.

O tempo, a vida e a busca por algo ou alguém

Uma das coisas que mais me fascinaram no anime foi a fotografia. As paisagens são belíssimas! As paisagens foram perfeitamente desenhadas e nos ajudam a nos conectar aos sentimentos dos personagens.

Kimi No Na Wa tem a dose certa de humor e drama. Eu ri, chorei, me emocionei e refleti bastante. Cada cena é tocante à sua maneira e apesar das falhas encontradas, é um filme muito bom. Vale a pena assistir!

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

4 Fantasia

Mitsuha Miyamizu (Mone Kamishiraishi) é uma jovem que mora no interior do Japão e que deseja deixar sua pequena cidade para trás para tentar a sorte em Tóquio. Enquanto isso, Taki Tachibana (Ryûnosuke Kamiki), um jovem que trabalha em um restaurante italiano em Tóquio, deseja largar o seu emprego para tentar se tornar um arquiteto. Os dois não se conhecem, mas estão direta e misteriosamente conectados pelas imagens de seus sonhos.

About The Author

Nerd, Geek, viciada em livros, youtuber, aspirante a jornalista, apaixonada por animais e nas horas vagas tenta ser engraçadinha.