Mushishi e o Mundo dos Mushis

130

Nem só de animes cheios de ação vive o homem, não é mesmo? De vez em quando é bom assistir alguns mais tranquilos para relaxar e distrair a cabeça do corre-corre do diário. Para você que está em busca de algo assim, a dica é Mushishi.

Série de mangá criada por Yuki Urushibara, Mushishi ou Mushi-shi, ganhou sua adaptação para anime pelo estúdio Artland. O anime conta com duas temporadas, tendo a segunda (Mushishi Zoku Shou) disponível na Netflix e o mangá possui 50 capítulos.

Mushishi também recebeu uma adaptação para filme live-action em 2007, com direção de Katsuhiro Otomo e estrelado por Joe Odagiri.

O mundo dos Mushis

mushishi_feat

Mushishi pode ser um pouquinho complicado de se entender num primeiro momento, mas na verdade é tudo muito simples.

A história apresenta criaturas chamadas Mushi ( lit. Inseto) que frequentemente apresentam poderes sobrenaturais. Os mushis são descritos como seres em contato com a essência da vida na sua forma mais básica e pura. Devido à sua natureza efêmera, a maioria dos seres humanos é incapaz de perceber os mushis e é alheia à sua existência, mas há alguns que possuem a capacidade de ver e interagir com tais seres. Uma dessas pessoas é Ginko, o personagem principal da série.

Ginko é um “Mushishi”, ou seja, um estudioso dos mushis e das formas de lidar com cada um deles. Ele trabalha viajando de um lugar para outro,  pesquisando mushis e ajudando pessoas que sofrem de problemas causados por eles.

A série é uma antologia de episódios (cada episódio é um conto que começa e termina nele mesmo) em que os únicos elementos em comum entre os episódios são Ginko e os vários tipos de mushi.

Natureza e um ambiente bucólico

MV5BZTAzMDA0ODktNmE4Ni00NjkyLWEwMjYtNmFmNWQ3NzQ5NGY3L2ltYWdlXkEyXkFqcGdeQXVyNTAyODkwOQ@@._V1_

O anime é lindo, muito bem feito, com uma trilha sonora marcante (e muito sugestiva) e cada episódio desperta uma emoção diferente. Na verdade, ele me trouxe bastante da poesia existente nos filmes de Hayao Miyazaki. Os fãs do cineasta conseguirão enxergar alguns elementos presentes em suas animações, como por exemplo, o conceito de “Ma”, o ambiente bucólico e a natureza.

Os cenários do anime se passam numa época do Japão que parece ser feudal, então a natureza está muito presente.

Aprofundando um pouco mais, Mushishi, traz em seu pano de fundo uma crítica à personalidade do ser-humano, especialmente algumas questões éticas. As  histórias de vida em cada episódio são muito marcantes e os perfis psicológicos bem trabalhados. É o tipo de anime que não tem jeito de você assistir e ficar inerte. Parece que tudo foi bem pensado ali.

Filosofia e Calmaria

Vlcsnap-2015-04-18-19h00m47s24

Para os fãs de shounen e animes mais agitados, Mushishi pode não agradar. O anime é totalmente o oposto disso e em cada episódio nos deparamos com diversas questões filosóficas da vida. É realmente uma obra bem tranquila que te leva a refletir. Não espere por ação, reviravoltas dramáticas, tensão, ou coisas do tipo.

A trilha sonora do anime é simplesmente fantástica. Ela combina perfeitamente com o enredo e com o cenário Por falar em cenários… eles são um show à parte. São lindos e despertam uma sensação de relaxamento e tranquilidade.

Definitivamente é uma série indicada para quem quer relaxar, emocionar-se, e refletir um pouco mais sobre si mesmo e suas relações.

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

5 Seinen

Mushishi é uma série de mangá indicada para quem quer relaxar, emocionar-se, e refletir um pouco mais sobre si mesmo e suas relações.

About The Author

Nerd, Geek, viciada em livros, youtuber, aspirante a jornalista, apaixonada por animais e nas horas vagas tenta ser engraçadinha.