O Silêncio dos Livros de Fausto Luciano Panicacci

946

O silêncio dos livros é uma leitura onde a verdadeira história se esconde nas camadas profundas da narrativa. É aquele livro com sabor amargo, difícil de digerir e que leva o leitor à reflexões acerca de diversos fatores abordados no livro.

Sinopse

TER LIVROS É CRIME. DENUNCIE. Numa época em que os livros são proibidos, o misterioso Santiago Pena acaba de chegar a Portugal, onde conhecerá Alice, menina desprezada pelos pais. O encontro de um antigo caderno trará questões intrigantes. Que relação haveria entre um jovem acusado de crime que alega não ter cometido, suntuosos projetos arquitetônicos e a descoberta de uma biblioteca abandonada? O Silêncio dos livros é uma declaração de amor à Literatura. Romance para ser saboreado não só pelo enredo recheado de tensões e suspense, mas também pelos detalhes de construção, insere-se na melhor tradição da cultura ocidental, com sutis menções a livros, poemas e vinhos, a mitos clássicos e folclore, a obras de arte e teorias científicas, além de enveredar por grandes discussões da contemporaneidade, como privacidade, identidade, genética, direito ao esquecimento. Manejando uma linguagem precisa e poética, o autor cria metáforas surpreendentes, explora recursos estilísticos e sabe convidar o leitor a desvendar sentidos apenas sugeridos.

Resenha

E eis-me aqui, em mais uma leitura coletiva promovida pela agência literária Lilian Comunica! Eu adoro distopias e raramente tenho a oportunidade de ler, então, quando vi que o livro proposto era uma distopia e que apresentava um universo onde livros eram proibidos, nem pensei duas vezes para me inscrever. 

O silêncio dos livros é dividido em 3 partes e acompanhamos a vida de alguns personagens, que em determinado momento acabam interligando suas histórias. O autor nos apresenta um cenário extremamente perturbador para quem ama o universo dos livros. 

É difícil fazer um resumo desta obra, pois tudo que eu falar, além do que está na sinopse pode ser um grande spoiler, mas posso dizer que o livro é muito mais do que ele apresenta em sua narrativa. Esse é aquele tipo de livro que precisa ser lido com bastante atenção, pois a verdadeira história está escondida nas diversas camadas do mesmo. Um leitor mais desatento pode deixar passar mensagens bem importantes, e olha, o enredo está cheio delas!

Festina Lente

“Festina lente” (apressa-te lentamente) pode resumir toda essa obra. A forma de escrever do Fausto transporta o leitor para dentro da história, uma hora voltamos a ser crianças, enxergando o mundo com os olhos de Alice, outra hora vivenciamos toda a solidão de Hilário dentro da prisão e em outro momento, vivenciamos um outro tipo e solidão, junto à Santiago. É um livro que é ao mesmo tempo fácil e difícil de digerir.

Durante toda a leitura, senti um gosto amargo, uma dificuldade para digerir situações, escolhas, atitudes das pessoas. O mundo sem livros é difícil de imaginar, mas é uma realidade bem possível de acontecer e bem mais próxima do que podemos imaginar. 

O livro é excelente. É um tipo de leitura que leva o leitor a refletir muito sobre diversos assuntos, dentre eles: consequências de nossas escolhas, injustiças dessa vida, egoísmo, a forma como tratamos quem está ao nosso lado, solidão, influência e consequências do uso exacerbado da tecnologia. A única coisa que não me fez dar 5 estrelas para o livro é que achei a leitura um pouco arrastada em alguns pontos, com descrições que ao meu ver, poderiam não estar ali. Entendi o que o autor quis mostrar com elas, mas deixou a leitura um pouco cansativa. 

O final do livro é surpreendente e me deixou com uma sensação incômoda. Não um incômodo ruim, mas aquele bichinho cutucando o cérebro, impulsionando a pensar sobre como estou lidando com minha vida. Para quem gosta do gênero, é uma leitura mais do que recomendada.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

4.6 Distopia

O silêncio dos livros é uma leitura onde a verdadeira história se esconde nas camadas profundas da narrativa. É aquele livro com sabor amargo, difícil de digerir e que leva o leitor à reflexões acerca de diversos fatores abordados no livro.

About The Author

Escritora, Geek, amante dos livros, youtuber, apaixonada por animais e não larga uma xícara de café.