Os 13 Porquês, a série que todos deveriam assistir!

1657
trilha-sonora-13-reasons-why-selena-gomez-musicas-netflix

Não sei vocês, mas desde o dia 31 de março, minha timeline no facebook foi bombardeada de pessoas assistindo Os 13 Porquês. Eu já estava ansiosa para assistir a série, mas confesso que fiquei com ainda mais vontade depois de tantas críticas positivas sobre ela.

Apesar de ser um tema no qual eu não gosto muito de ler ou assistir sobre, essa é uma das exceções, então, na primeira oportunidade que tive, corri para maratonar a série na Netflix.

A primeira temporada é composta por treze episódios, que foram disponibilizados em 31 de março de 2017. No mesmo dia, o especial 13 Reasons Why: Beyond the Reasons foi lançado.

Os 13 Porquês

13-Reasons-Why-1024x576

13 Reasons Why  é uma série americana produzida pela Netflix baseada no romance Thirteen Reasons Why escrito por Jay Asher. Foi adaptada por Brian Yorkey e, Diana Son e Brian Yorkey, atuaram como showrunners.

A história gira em torno dos motivos que levaram Hanna Baker, uma adolescente de 16 anos, a cometer o suicídio. Antes de morrer, Hanna gravou 7 fitas cassete com 13 motivos que a levaram a tirar a própria vida. As fitas estão no momento nas mãos de Clay Jensen, também estudante do ensino médio e é através dele que conhecemos todos os motivos de Hanna.

As fitas foram inicialmente enviadas para um colega com instruções para passá-las de um estudante para outro (dentre os 13 que são mencionados na fita), no estilo de uma carta em cadeia. Nas fitas, Hannah explica a treze pessoas como eles desempenharam um papel na sua morte, apresentando treze razões que explicam porque ela se matou.

Hannah deu um segundo conjunto de fitas para um de seus colegas de classe, a identidade de quem Clay descobre mais tarde, e avisa às pessoas sobre as fitas que se não passá-las adiante, o conteúdo delas será revelado para todos. Essas são as regras. Essa é a vontade da Hanna.

13-Reasons-Why-758x426

Vale a pena assistir?

Essa foi uma das perguntas que mais me fizeram sobre a série. Será que realmente vale a pena assistir ou é mais uma daquelas séries que tratam adolescentes como seres sem cérebros, com falas que não fazem muito sentido e atitudes tão sem noção que você se pergunta de qual planeta a criatura saiu?

Bom, devo dizer em primeiro lugar que os adolescentes, os dramas adolescentes, os medos, as dúvidas e tudo que gira em torno desse universo nos foi apresentado de uma forma muito crível e bem semelhante à realidade. Ponto muito positivo para os diretores e produtores da série. Aliás, Selena Gomez está de parabéns como produtora da série.

O tema é pesado e não estamos falando apenas de suicídio. A série aborda temas como bullying, violência, drogas, violência sexual e o suicídio em si. O livro e a série nos mostram de uma maneira muito impactante as consequências de cada ato na vida das pessoas. Se para nós, adultos, já é bem difícil lidar com algumas situações, na mente de um adolescente onde todas as sensações parecem serem eternas, o negócio pode ser bem mais complicado e nem todos sabem como lidar com elas.

Cada episódio que fui assistindo foram despedaçando meu coração aos poucos. O sofrimento de Clay ao ouvir as fitas foi me destruindo e me fazendo pensar também. Pensar nos atos que cometemos diariamente. Atos esses que podem tanto salvar como destruir uma vida.

#NaoSejaUmPorque

external

Os 13 porquês é justamente isso. É um alerta. Um alerta para nós que magoamos as pessoas sem ter noção do que estamos fazendo. Um alerta para nós que não fazemos ideia do que se passa na vida do outro e que por muitas vezes não ajudamos a aumentar a dor, mas nos omitimos, não ajudamos, não damos atenção aos detalhes e na verdade, ao fazer isso, estamos sim levando a pessoa a se sentir ainda mais sozinha.

Confesso que os primeiros episódios me deixaram com raiva de Hanna. Não li o livro (ainda), então achei que as motivações dela não eram motivo suficiente para o que ela fez, mas depois, no final, mesmo sem concordar com o suicídio (sou a favor da vida), compreendi o que a levou a fazer o que fez. E isso me deixou muito triste, pois tudo poderia ser diferente.

A série é forte. Ela tem a intenção de chocar, de fazer você pensar. Tem a intenção de gerar debates e de instruir também. Por que não? Eu chorei. Chorei por Hanna, chorei por Clay e chorei por todos aqueles que não tiveram a chance de descobrir que existe uma segunda opção.

Concluindo

Apesar de forte, a série é maravilhosa e todo mundo deveria assistir. Seja você adolescente, seja você pai/mãe, seja você uma vítima ou um agressor, assista e que a mensagem do último episódio fique gravada em seu coração. Sejamos pessoas melhores. Sejamos pessoas que saibam amar mais.

Se eu recomendo a série? Sim, com toda certeza! Além da história em si ser maravilhosa (apesar de triste), a produção está muito boa, a fotografia maravilhosa, a atuação dos atores impecável e a trilha sonora…ah, essa está de fazer qualquer um chorar! Ah, vale muito a pena assistir o especial que passa após os episódios.

Total 1 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

5 Drama

Uma caixa de sapatos é enviada para Clay (Dylan Minnette) por Hannah (Katheriine Langford), sua amiga e paixão platônica secreta de escola. O jovem se surpreende ao ver o remetente, pois Hannah fora acabou de se suicidar. Dentro da caixa, há várias fitas cassete, onde a jovem lista os 13 motivos que a levaram a interromper sua vida - além de instruções para elas serem passadas entre os demais envolvidos.

About The Author

Nerd, Geek, viciada em livros, youtuber, aspirante a jornalista, apaixonada por animais e nas horas vagas tenta ser engraçadinha.