Tipos Incomuns de Tom Hanks

260

Tom Hanks além de ser um ator brilhante (pelo menos eu, e boa parte dos cinéfilos achamos isso) vem agora invadir o mundo literário com sua genialidade. Tipos incomuns é a obra de estréia do ator e agora autor, e, ele nos mostra os mais diversos tipos de humanos e situações em seus contos. Do mais banal ao mais profundo.

Sinopse

 

Um affaire agitado e divertido entre dois grandes amigos. Um ator medíocre que se torna uma estrela e se vê em meio à frenética viagem de divulgação de um filme. O colunista de uma cidadezinha com um ponto de vista antiquado sobre o mundo. Uma mulher se adaptando à vida na nova vizinhança após o divórcio. Essas são apenas algumas das pessoas e situações que Tom Hanks explora em sua primeira obra de ficção. Os contos têm algo em comum: em todos, uma máquina de escrever desempenha um papel — às vezes menor, às vezes central. Conhecido por sua sensibilidade como ator, Hanks traz essa característica para sua escrita. Ora extravagante, ora comovente, ocasionalmente melancólico, Tipos incomuns deleitará e surpreenderá seus milhões de fãs.

Links: Skoob | Comprar: Saraiva – AmazonCultura

Resenha

Eu admito que quando vi este livro o solicitei mais por curiosidade de conhecer como o Tom Hanks se sairia como autor, do que, de fato, por um real interesse no conteúdo produzido. Como assim? Bem, a sinopse do livro não me atraiu, mas sim o nome do autor. Acho que acontece com muitos isso, né?! Como todo livro de contos, ele tem seus altos e baixos, histórias que gostei mais, e histórias que foram um verdadeiro martírio ler, mas de forma geral, foi um livro que apreciei bastante.

O segredo de Hanks para escrever esta obra foi de fato escrever sobre situações até bastante banais: um romance entre amigos de infância sem dramas, uma noite de natal em família sem nenhuma magica de especial ou algo extraordinário, um final de semana entre mãe e filho, situações que você sempre pode encontrar pelo mundo, mas que nenhuma de fato será idêntica a outra. Acredito que essa simplicidade de retratar a vida cotidiana na sua forma mais original possível que me surpreendeu e me cativou neste livro. Talvez, assim como eu, você consiga se ver nas linhas escritas pelo autor, e isso me fascinou.

A escrita do autor é clara, e alterna entre uma riqueza, as vezes exagerada, de detalhes, e a objetividade. Os contos não possuem uma sequência lógica, então o leitor pode se sentir a vontade de começar pelo conto que desejar, particularmente, eu gosto de ler na sequência que me é apresentada no livro, mas cada leitor com a sua mania, não é mesmo?! Os personagens foram muito bem construídos, e, apesar de serem histórias curtas, nós demoramos um pouco para conseguir conhecer eles, o que gostei bastante, eles não são simplesmente jogados na cara do leitor, e temos que ir os assimilando aos poucos.

Tom Hanks me surpreendeu positivamente com seu primeiro livro de ficção, são dezessete contos bem escritos e variados que não prometem muito a primeira vista, mas, quando você da uma chance, eles vão te conquistando aos pouquinhos e você consegue perdoar até o mais massante deles. É uma obra que merece uma chance.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

3.5 Contos

Tom Hanks além de ser um ator brilhante (pelo menos eu, e boa parte dos cinéfilos achamos isso) vem agora invadir o mundo literário com sua genialidade. Tipos incomuns é a obra de estréia do ator e agora autor, e, ele nos mostra os mais diversos tipos de humanos e situações em seus contos. Do mais banal ao mais profundo.

About The Author

Acadêmica do curso de Sistemas de Informação - UESB. Blogueira, Beatlemaníaca, leitora compulsiva e cinéfila.