Sedução da Seda de Loretta Chase (Resenha)

261

Uma história que faz tudo para fugir dos clichês e é uma leitura divertida, diferente, sedutora e muito envolvente!

Sinopse

 

Talentosa e ambiciosa, a modista Marcelline Noirot é a mais velha das três irmãs proprietárias de um refinado ateliê londrino. E só mesmo seu requinte impecável pode salvar a dama mais malvestida da cidade: lady Clara Fairfax, futura noiva do duque de Clevedon.

Tornar-se a modista de lady Clara significa prestígio instantâneo. Mas, para alcançar esse objetivo, Marcelline primeiro deve convencer o próprio Clevedon, um homem cuja fama de imoralidade é quase tão grande quanto sua fortuna.
O duque se considera um especialista na arte da sedução, mas madame Noirot também tem suas cartas na manga e não hesitará em usá-las. Contudo, o que se inicia como um flerte por interesse pode se tornar uma paixão ardente. E Londres talvez seja pequena demais para conter essas chamas.
Primeiro livro da série As Modistas, Sedução da seda é como um vestido minuciosamente desenhado por Loretta Chase: de cores suaves e românticas em alguns trechos, mas adornado com os detalhes perfeitos para seduzir.

Link: Skoob | Comprar: SaraivaSubmarinoAmazon

Resenha

Quando vi o anúncio dessa série no evento de Romance de Época aqui de Maceió, já fiquei enlouquecida pelas capas maravilhosas e soube naquele momento, que precisava ler os livros. Sim, eu julgo livros pela capa!

Apesar de estar um pouco açucarada demais por ler muitos livros de romance seguidos, resolvi dar uma chance para essa leitura, afinal, são livros leves e fáceis de ler e isso é de grande ajuda na hora de cumprir as metas. Também, foi uma oportunidade de conhecer a escrita da autora e iniciar a série das Modistas. Não me arrependi nem um pouco da minha decisão!

A grande maioria dos romances históricos nos apresentam o mesmo perfil: mocinhas nobres que se apaixonam por libertinos, e eu fico muito feliz quando o autor cria suas histórias fugindo desse caminho. Claro que a única coisa que não pode mudar é o final. O casal precisa terminar com o seu “felizes para sempre”. E Sedução da Seda seguiu um caminho diferente, não o final, mas o enredo.

-Estava preocupado com a senhora. Quando deixou Paris tão repentinamente, achei que uma catástrofe tinha acontecido. Ou um assassinato. Por falar nisso, a senhora assassinou alguém? Não que eu fosse criticá-la, mas…

-Fui embora de Paris para fugir do senhor.

-Bem, parece que não funcionou.

Marcelline é uma lojista, é independente, tem uma filha e sabe usar muito bem seus talentos para conseguir o que quer. Clevedon é sedutor, mas não é seu lado libertino que é explorado no decorrer da narrativa como já estamos habituados. A autora construiu personagens marcantes, apaixonantes e fortes. O que mais gostei nesse livro é que nos apaixonamos até pelos personagens secundários, pois foram tão bem construídos e apresentados ao leitor, que é impossível não se envolver de alguma forma com todos eles.

A narrativa é completamente envolvente. Você vai lendo e nem percebe que as páginas vão passando e passando até se deparar com o fim. Loretta mistura moda e romance de uma forma encantadora e por diversos momentos fiquei com muita vontade de vestir um dos vestidos das irmãs Noirot. E olha que nem sou ligada à moda!

Dei risada, me emocionei, senti a paixão pulsante entre os personagens e terminei a leitura com o coração palpitando. Será que é tão difícil assim encontrar um duque para chamar de meu?

Sedução da Seda é um livro completo. Dentro do gênero, é um dos melhores que já li e essa série já entrou para as minhas favoritas dos romances de época. Mais do que recomendado!

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

5 Histórico

Uma história que faz tudo para fugir dos clichês é uma leitura divertida, diferente, sedutora e muito envolvente!

About The Author

Nerd, Geek, viciada em livros, youtuber, aspirante a jornalista, apaixonada por animais e nas horas vagas tenta ser engraçadinha.