História de Um Grande Amor da Julia Quinn

250

“História de um grande amor” é doce, leve, repleto de diálogos sarcásticos e com uma mocinha atrevida, inteligente e destemida. Uma leitura (não tão) rápida e divertida que me deixou com o coração aquecido no final.

Sinopse

Primeiro Volume da Trilogia Bevelstoke.

Aos 10 anos, Miranda Cheever já dava sinais claros de que não seria nenhuma bela dama. E já nessa idade, aprendeu a aceitar o destino de solteirona que a sociedade lhe reservava.
Até que, numa tarde qualquer, Nigel Bevelstoke, o belo e atraente visconde de Turner, beijou solenemente sua mãozinha e lhe prometeu que, quando ela crescesse, seria tão bonita quanto já era inteligente. Nesse momento, Miranda não só se apaixonou, como teve certeza de que amaria aquele homem para sempre.
Os anos que se seguiram foram implacáveis com Nigel e generosos com Miranda. Ela se tornou a mulher linda e interessante que o visconde previu naquela tarde memorável, enquanto ele virou um homem solitário e amargo, como consequência de um acontecimento devastador.
Mas Miranda nunca esqueceu a verdade que anotou em seu diário tantos anos antes. E agora ela fará de tudo para salvar Nigel da pessoa que ele se tornou e impedir que seu grande amor lhe escape por entre os dedos.

Resenha

Sempre gostei de ler romances de época após leituras mais pesadas. Eles são leves, fáceis, divertidos, ótimos para nos tirar daquela ressaca literária ou para tirar a sensação densa que algumas leituras deixam. E Julia Quinn é sempre uma ótima pedida nesses momentos. Desde que vi as capas da trilogia Bevelstoke fiquei louca para ler os livros.

“História de um grande amor” não é dos meus livros preferidos da autora, mas achei a história tão delicada que nem me importei muito com o ritmo mais desacelerado em que as coisas acontecem. Sei que algumas pessoas não gostaram muito da Miranda, mas tenho uma opinião contrária. Gostei muito da personagem e do seu jeito atrevido de ser. Tudo bem que tive vontade de chacoalhá-la em alguns momentos, mas a morena dos olhos castanhos conquistou meu coração.

Já Turner me deixou com um misto de amor e ódio. Gosto bastante dele e ao mesmo tempo não gosto. Não sei bem explicar o que me incomoda. A sorte é que no final nosso mocinho acabou se redimindo e deixou meu coração aquecido.

A história gira em torno do amor que Miranda sente desde criança por Turner e de sua tentativa de curar o coração quebrado dele. Isso deixou o desenrolar da trama um pouco repetitivo, mas nada que incomode demais, porém deixou o ritmo de leitura mais lento. É uma narrativa mais voltada para os sentimentos dos personagens e não para coisas acontecendo.

“História de um grande amor” é doce, leve, repleto de diálogos sarcásticos e com uma mocinha atrevida, inteligente e destemida. Uma leitura (não tão) rápida e divertida que me deixou com o coração aquecido no final. Super recomendo a leitura!

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

4 Romance

"História de um grande amor" é doce, leve, repleto de diálogos sarcásticos e com uma mocinha atrevida, inteligente e destemida. Uma leitura (não tão) rápida e divertida que me deixou com o coração aquecido no final.

About The Author

Escritora, Geek, amante dos livros, youtuber, apaixonada por animais e não larga uma xícara de café.