O Sal das Lágrimas de Ruta Sepetys

145

Com uma narrativa intensa, Ruta Sepetys consegue inserir o leitor dentro de uma história que retrata um período tenebroso da humanidade. Uma leitura envolvente, fluida e emocionante.

Sinopse

Inverno de 1945, Segunda Guerra Mundial. 
Quatro refugiados, quatro histórias. 

Joana, Emilia, Florian, Alfred. Cada um de um país diferente. Cada um caçado e assombrado pela tragédia, pelas mentiras e pela guerra. Enquanto milhares fogem do avanço do exército soviético na costa da Prússia, os caminhos desses quatro jovens se cruzam pouco antes de embarcarem em um navio que promete segurança e liberdade. Mas nem sempre as promessas podem ser cumpridas…

Profundamente comovente, O Sal das Lágrimas se baseia em um acontecimento real. O navio alemão Wilhelm Gustloff foi afundado pelos russos no início de 1945, tirando a vida de mais de 9 mil refugiados civis, entre eles milhares de crianças. É o pior desastre marítimo da história, com seis vezes mais mortos que o Titanic. 

Ruta Sepetys, a premiada autora de A Vida em Tons de Cinza, reconta brilhantemente essa passagem por meio de personagens complexos e inesquecíveis.

Link: Skoob | Comprar: Amazon

Resenha

“O medo é um caçador.”

Não poderia concordar mais com essa afirmação. Confesso que estava com um misto de curiosidade e medo para iniciar essa leitura.  Medo por saber que seria um livro com uma história que faria meu coração se despedaçar. E fez. A Segunda Guerra Mundial não é um período muito bonito na história da humanidade.

É inverno de 1945 e o cenário se passa durante a Segunda Guerra Mundial. Acompanhamos a luta pela sobrevivência de 4 personagens distintos que acabam se cruzando em determinado momento. 4 pessoas de países diferentes, vivenciando os horrores da guerra com um único objetivo: sobreviver. 

Joana, Emília, Julian e Alfred são os personagens-narradores dessa história. História baseada em um acontecimento real, calculado como a maior tragédia naval de todos os tempos, ganhando em número de mortos do Titanic. 

Os 4 refugiados percorrem um árduo caminho, tentando sobreviver aos ataques dos russos, ao frio congelante, à fome e todos os perigos inerentes de uma guerra, para chegar ao navio alemão Wilhelm Gustloff. Conseguir embarcar nesse navio era a salvação tão esperada. Será que seria mesmo?

Ruta nos apresenta uma narrativa intensa e envolvente, intercalada entre os 4 personagens. O fato do livro ser narrado em primeira pessoa nos aproxima tanto da história e de todos os sentimentos descritos, que é possível sentir junto com os personagens suas dores, medos e anseios. É aquela leitura que te deixa com uma sensação sufocante, de medo, como se estivéssemos prendendo a respiração o tempo todo, fazendo nossos pulmões arderem. O coração acelera, o frio envolve nosso estômago e a sensação de perigo nos domina. A autora realmente consegue fazer o leitor ser inserido na trama.

Várias sensações me tomaram no decorrer da leitura. A descrição de Ruta para os cenários e para os sentimentos dos personagens é muito real que nos perguntamos se aquilo é realmente ficção ou se aquelas pessoas existiram de verdade. Bom, os personagens podem não ser de verdade, mas muitas pessoas passaram por coisas bem semelhantes ao que eles vivenciam no livro. Não deixa de ter um pouco de realidade, não é? E é isso o que torna o livro ainda mais denso, é saber que isso pode ter acontecido de verdade com milhares de pessoas.

Eu terminei o livro com o coração em frangalhos e, apesar de ter escrito esse monte de coisas, não consigo expressar verdadeiramente meus sentimentos. Posso dizer que é uma história que retrata magistralmente o período da Segunda Guerra e todo o inferno que milhares de pessoas viveram. Para quem gosta de livros que se passam nesse período tenebroso, essa é uma excelente leitura.

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

5 Histórico

Com uma narrativa intensa, Ruta Sepetys consegue inserir o leitor dentro de uma história que retrata um período tenebroso da humanidade. Uma leitura envolvente, fluida e emocionante.

About The Author

Escritora, Geek, amante dos livros, youtuber, apaixonada por animais e não larga uma xícara de café.