Vamos falar sobre desapego?

468

Você é uma pessoa desapegada? Se a pergunta fosse dirigida a mim, eu responderia: depende. Houve uma época em minha vida na qual eu era extremamente apegada a tudo. Acho que com o passar dos anos e as experiências da vida, aprendi que o desapego é quase sempre uma boa opção. “Quase sempre” porque às vezes metemos os pés pelas mãos, seja virando um possessivo compulsivo ou alguém tão desapegado à tudo que esquecemos das pessoas ao nosso redor. EQULÍBRIO é a palavra chave e é por isso que minha resposta seria um sonoro “depende”.

Em um determinado momento da minha vida passei a usar como frase motivacional o slogan da OLX: “Desapega, desapega!” e foi aí que entendi a importância de deixar ir, reciclar, renovar e dar a outros a oportunidade de conhecer/ter coisas novas. Isso é válido para roupas, sapatos, objetos em geral, coisas… MENOS os meus livros e doguinhos (claro!). Ainda não estou 100% desapegada (dos livros, dos meus cachorros NUNCA). Sempre sonhei em ter uma biblioteca em casa, com milhares de livros e o fato de ter um sonho (palpável) em vias de realização (Milhares, lembra?), me faz ter um maior cuidado com meus livrinhos. Não empresto, nem consigo me desfazer (mesmo os exemplares que nunca lerei), mas pratico o desapego de outra forma: escrevo nas margens, marco com caneta, anoto coisas, colo post-it. É o máximo que consegui até hoje. Porém, presenteio pessoas com livros. Sempre.

Desapega, desapega!

Por outro lado, sou muito desapegada de alguns tipos de sentimentos, como por exemplo: a raiva, o ódio, o rancor. Isso eu nem deixo entrar e quando percebo uma pontinha querendo dar as caras, trato de jogar logo fora.  Também não me importo com roupas (muito menos com marcas), bolsas, sapatos, eletrônicos… Aprendi a importância de deixar algumas coisas irem, seguir seu rumo, e nesse quesito, entram os ex amores, os dissabores e as pessoas que desejam bater asas para sair de nossas vidas. E estou muito bem com isso. Desapegar é importante, necessário, traz uma luz para nós. Só não podemos esquecer de cuidar de PESSOAS importantes pra gente (família, amigos, amores). Cuidar, não idolatrar ou sufocar. 😉

Mas, e você? Pratica o desapego nas coisas? O que pensa sobre doar seus livros?

Imagem de Mediamodifier por Pixabay

Total 0 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

About The Author

Escritora, Geek, amante dos livros, youtuber, apaixonada por animais e não larga uma xícara de café.